Aos gritos

scream-307414_640Andei fora do ar um tempo porque fiquei doente. Uma virose me derrubou pra valer! Nesse período, o principal órgão atingido foi a garganta. Muita dor, inflamação e afonia. Por esse motivo, fiquei literalmente sem falar por uns dias. Não apenas isso: precisei baixar muito o tom da minha voz. Precisei parar de gritar. Para ser sincera, até hoje, 10 dias após o começo dessa função toda, estou sem poder abusar da voz. Tive que emudecer por um tempo. Mas sabem, ficar muda me fez perceber algo importante: eu falo muito. Falo demais. E alto demais. Durante a mudez, pasmem: minha vida continuou perfeitamente. Não precisei dos meus gritos para me fazer compreender, não precisei dos meus excessos. Meu filho seguiu me ouvindo. Não precisei alterar o tom da minha voz para que ele cumprisse minhas ordens. Não precisei bradar aos quatro ventos para que ele viesse até mim me encher de carinho. Da mesma forma, meu esposo seguiu ao meu lado, escutando meu silêncio. Não houve perda de comunicação entre nós pelo fato de eu estar sem voz. Há muitos anos nos comunicamos através do olhar. Mas parece que eu havia esquecido disso… Se eu acreditasse no divino, diria que pedi a Deus essa oportunidade para aprender a ser uma pessoa melhor. Para que gritar e falar tresloucadamente? Para que viver assim, dizendo e dizendo, emendando assuntos e atropelando as conversas? Para que gritar com um filho? Precisamos realmente disso? Estou certa que não… Percebi que transfiro para minha voz todas as angústias da minha vida. Falar e falar e falar demonstra a ansiedade escondida na alma do falador. Relembrei como é bela a linguagem dos gestos, do olhar, do sentir. Não preciso falar! Como disse Dante, muito pouco ama, quem com palavras pode expressar quanto muito ama. Bravo, Dante! E assim, com essa virose malvada, aprendi a calar as palavras vazias que saem da boca e dar vida àquelas que estão sufocadas no coração. E essas… Ah… Essas não precisam de som para dizer.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s