A segunda metade da vida

adventure-1868817_640Chegar aos 40 anos significa atingir a metade da vida. Isso em termos, claro, pois ninguém sabe a hora da partida e muitos sequer chegam aos 40 anos. De qualquer forma, completar essa idade é um marco para a maioria das pessoas. É nesse tempo que você compreende que não é mais jovem. Mas também não é idoso. Para muitos dos seus sonhos você se acha velho, muito embora ainda não tenha um cartão de descontos para aposentados na farmácia. Fica difícil aceitar que o mundo não está mais aos seus pés… Ontem estava, hoje não mais. Começa a pensar na finitude da vida, mas logo espanta esse pensamento. Zonzo, você quer agir! E deseja ardentemente se dedicar àquilo que realmente importa. Àquilo que faz vibrar o corpo e a alma. Quer sentir que está vivo. É como se a sua última oportunidade de dar uma guinada estivesse ali, na sua frente. Você é todo dúvidas e reflexões. Compreende que o tempo não é mais seu aliado. Lembra daquela música antiga que tantas vezes você cantou e se identificou: temos todo o tempo do mundo… somos tão jovens… Mas você já se enquadra mais nela. E depois de um período perdido em meio ao temporal, seus pensamentos começam a clarear. Afinal, chegar na metade da vida pode ser maravilhoso. Porque te coloca de frente para o espelho. Você de frente para você. E o pior: você sem roupas! Você vai analisar sua vida, vai sofrer com seus erros, vai valorizar seus acertos. Vai botar tudo, tudinho, na balança. E vai encontrar equilíbrio. Isso não é simplesmente perfeito? Você será alçado a um patamar na existência em que apenas investirá seu precioso tempo e energia com aquilo que realmente importa. Vai olhar o mundo com mais calma, lentidão, demora. Buscará ao máximo a leveza, a beleza, o prazer em tudo que faz. Vai voltar a fazer planos. Ambiciosos! Mirabolantes talvez. Mas tudo bem: Você tem 40 anos e já não teme. Você, amigo, está maduro. Pronto, recauchutado e reabastecido para seguir a caminhada! Se você já chegou aos 40, sabe bem do que estou falando. E se posso ousar a lhe dar algum conselho, é que se jogue na vida. Mas se jogue sem pudor! Se ainda não chegou, espere. Guarde esse depoimento para o dia em que os 40 anos baterem em sua porta. Não dizem por aí que a vida começa aos 40? Pois pode acreditar: dizem isso e não é à toa! Palavra de uma quarentona…

Anúncios

14 comentários sobre “A segunda metade da vida

  1. Oiee!

    Gostei bastante do texto, pois me fez pensar em algumas coisas. Eu ainda tenho 18 anos, mas pra mim a vida adulta era tipo um fim do túnel, eu não queria largar minha adolescência pra encarar todas as responsabilidades que foram jogadas de uma vez nas minhas costas. Mas não tive escolha, é a vida, seguir em frente. E hoje, quase pra fazer 19 anos, percebo que estou só começando uma longa jornada.

    Mas com esse texto, parei e pensei um pouco, e chego a conclusão que cada idade, cada etapa da sua vida é um momento único, é algo novo começando. E acredito que chegar aos 40 deve ser bem isso, você se ver num espelho e se encarar. Mas acho que não teria medo da velhice, pois é ali que, pelo menos teoricamente, poderemos voltar a sorrir como quando éramos crianças. Sem pressa, sem essa correria. Engraçado, é justo os idosos os que mais desaceleram pra curtir de fato o momento de uma forma bem gostosa

    Curtir

  2. Gostei muito do seu texto, bem escrito e reflexivo, mesmo que eu tenha metade dessa idade ainda. Me lembrou de quando minha madrinha fez essa idade e ficou cheia de indagações, aprendi e aprendo muito com ela. Abraços

    Curtir

  3. Tenho 25 anos e aproveito da melhor forma possível, claro que em algumas vezes bate aquela bad pela idade, relembrando coisas do passado que não voltam mais, resta a saudade, mas é isso aí, porém sei que quando chegar aos 40, se Deus quiser, vou chegar com um sorriso no rosto!
    Adorei o texto!

    Curtir

  4. Olá!
    Ainda estou muito longe dos 40 anos (graças a Deus, ehehe), mas gostei bastante do seu texto, me deu aqui um momento de reflexão…
    E vou mesmo mandar o link para o meu pai, que já passou inclusive dos 50, e acho que se vai identificar bastante com o você disse aí. Muito bom 🙂
    Beijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s